O que significa Gestão de Recebíveis e como ela é implementada no sistema? | Dunning

O que significa Gestão de Recebíveis e como ela é implementada no sistema?

A gestão de recebíveis trata do cliente adimplente e do inadimplente ao mesmo tempo, evitando que o adimplente torne-se inadimplente (prevenção) e estimulando o inadimplente a tornar-se adimplente (correção). Para executar a gestão de recebíveis, o Dunning monitora o comportamento de cada cliente, seja ele pessoa física ou jurídica, durante todo o seu ciclo de vida na empresa. Isto significa realizar automaticamente análises de crédito antes, no momento da venda e depois dela com objetivo de, sempre que necessário, enviar cobranças personalizadas para evitar atrasos e faltas de pagamento ou até mesmo enviar avisos antes do vencimento para estimular o pagamento antecipado.

Utilizando técnicas de data mining, machine learning e otimização aplicáveis a big data (informações sobre os clientes da empresa coletas em diversos bancos de dados), o Dunning recomenda para seu usuário (gestores financeiros, operadores de cobrança e crediaristas) réguas de cobrança para cada um dos seus clientes de acordo com o comportamento deste último. Estas réguas de cobrança, também conhecidas como réguas de dunning, são recomendadas levando em consideração não só o comportamento do cliente como também o orçamento da empresa disponível para cobrança. Este orçamento é um montante de recursos financeiros transferidos para o sistema (na forma de compra de créditos pré-pagos) que serão devidamente utilizados para executar as mais variadas ações de cobrança disponíveis (e-mail, SMS, URA, carta-cobrança, entre outras conforme o plano escolhido pelo usuário). Com isso, o Dunning consegue minimizar o custo de cobrança e ao mesmo tempo maximizar o recebimento de faturas atrasadas e em aberto.

Além de definir automaticamente quem, quando e como cobrar maximizando o recebimento de títulos e minimizando o custo de cobrança, o Dunning também permite ao usuário elaborar suas próprias estratégias ou réguas de cobrança de acordo com sua própria política de crédito e cobrança. Isto significa dar a opção do usuário definir e executar quem, quando e como cobrar independente da recomendação do sistema.